Que viajar é uma experiência única, especial e emocionante, a gente já sabe, afinal, quem não gosta de conhecer novos lugares, fazer novas amizades, viver novas experiências, se enriquecer culturalmente e, talvez, até aprender um novo idioma?

Se você faz parte do grupo de pessoas que estão se preparando para viajar, provavelmente já planejou questões como meio de transporte, local de hospedagem, programas que serão realizados na cidade visitada e quanto pretende gastar.

Mas você já sabe o que fazer para aumentar a sua segurança em viagens? Esse é um assunto muito importante que nem sempre é lembrado nesse momento de alegria e descontração. Afinal, quando estamos planejando uma viagem só pensamos na parte positiva de conhecer um novo lugar, viver uma nova experiência e o que vamos fazer. O que não pensamos é em eventuais imprevistos.

E sejamos francos: quem planeja coisa ruim?

Seja viajando sozinho ou acompanhado, a questão da segurança é, sem dúvida, uma das grandes preocupações, principalmente em épocas sazonais onde o movimento nas rodoviárias, aeroportos e estradas aumentam consideravelmente – vale ressaltar que grandes destinos em épocas sazonais podem se converter em locais muito povoados.

Os destinos são inúmeros, do interior ao litoral, montanha à praia, campo a cidade. Seja para onde for, viajar é bom demais. E viajar com tranquilidade e segurança, sem passar por nenhum problema ou contratempo, é melhor ainda!

Conheça agora algumas dicas essenciais para que você viaje com muito mais segurança e aproveite o passeio da forma mais tranquila e segura possível, curtindo ao máximo sua viajem.

Documentação

A primeira dica é quanto a documentação: confira antecipadamente toda documentação necessária para a viagem. Leve uma cópia autenticada da sua CNH ou identidade.

Em viagens internacionais, faça a mesma coisa com o seu passaporte. Deixe seus documentos originais em um local seguro, no lugar onde está hospedado, ou em uma doleira, por dentro da roupa.

Se você tiver os documentos roubados ou perdê-los, vai passar por muita burocracia para voltar pra casa. Armazene essas cópias online ou salve-as na nuvem. Você nunca sabe quando pode precisar de uma cópia de seu passaporte, sua identidade, carteira de motorista ou qualquer outro documento com o qual você possa se identificar.

Digitalizar documentos, e deixa-los disponíveis na Internet (como na sua conta de e-mail pessoal) é uma ótima tática para tê-los sempre em mãos. Outro documento de extrema importância é a carteira de vacinação.

Estar com as vacinas em dia é indicado pelo Ministério da Saúde e outros órgãos internacionais de saúde para evitar o contágio de enfermidades e a proliferação de doenças. Além disso, alguns locais determinam a obrigatoriedade de se estar vacinado contra determinadas doenças, seja pela fato de algum surto da epidemia ou prevenção.

Se estiver viajando com crianças pequenas, confira sempre as certidões de nascimento. Caso precise, veja com antecedência se será necessário a autorização de um dos pais para viajar de ônibus ou avião.

Se o percurso for de carro, tenha os documentos do veículo e de habilitação em mãos. Atente-se à validade da sua carteira de habilitação e confira se existem taxas e multas pendentes.

Cuide dos Seus Pertences

Mantenha seu dinheiro, cartões de crédito e débito e toda sua documentação em lugares diferentes, isso dificulta a perda de todos de uma só vez, caso seja roubado ou perda sua bolsa ou afins.

Fique atento ainda ao lugar onde você guarda a carteira e especialmente o passaporte. Caso vá usar transporte público ou andar por ruas lotadas e atrações turísticas, evite deixar a carteira no bolso da mochila ou da calça.

No caso do passaporte ou de grandes quantias de dinheiro, o ideal é deixar guardado em um lugar seguro, a não ser que realmente precise usá-los ou que você esteja indo de uma cidade pra outra. Nesse caso, você pode usar uma doleira. Por isso, faça uma previsão de quanto pretende gastar e leve apenas o necessário.

Fique atento também a desconhecidos, embora viajar seja uma ótima forma de conhecer novas pessoas e fazer networking, também é necessário se manter atento.

Mantenha sempre alguém informado sobre a sua localização para em casos de emergências. Existem inúmeros aplicativos que facilitam na hora de compartilhar sua localização em tempo real com algum familiar ou amigo, abuse da utilização deles.

Dicas para quem vai deixar a casa sozinha

Outra grande preocupação de quem vai viajar por muito tempo, é em relação à segurança da casa, que vai ficar vazia por muitos dias. Para quem pretende evitar transtornos e se prevenir contra surpresas desagradáveis, algumas dicas se fazem necessárias:

  • Apague as luzes, elas podem chamar a atenção de dia, indicando ausência de pessoas. Se possível, instale temporizadores em algumas luzes da casa, programando-os para acenderem e apagarem automaticamente em um intervalo de tempo determinado. Programe para que acendam no início da noite e apaguem antes da madrugada.
  • Não esqueça de retirar da tomada todos os aparelhos eletrônicos, além de evitar que os aparelhos sejam danificados, evita também o risco de incêndios.
  • Consuma o máximo de produtos de sua geladeira e descarte ou doe os que tem a data de validade próxima. Antes de sair, deixe a geladeira no mínimo de refrigeração para poupar energia elétrica.
  • Caso vá se ausentar por muito tempo, avise a um vizinho de confiança ou um amigo próximo sobre sua viajem, para que ele fique atento à sua casa. Não esqueça de deixar além do seu telefone de contato, cópias da chave, para recolher as correspondências e outras eventuais necessidades.
  • Cheque todas as fechaduras das portas e janelas e, nunca deixe o portão fechado com um cadeado para o lado de fora. Isso indica que não há ninguém na casa.
  • Não se esqueça de fechar os registros de água e gás.

A Importância do Seguro Viagem

O seguro e assistência de viagens são imprescindíveis em qualquer viagem. Um bom seguro é essencial, principalmente se além de viajar você também gosta de atividades radicais, em que há chances de se machucar.

Mas, mesmo que você não seja um aventureiro, há sempre o risco de ser atropelado, cair algo em você ou simplesmente ficar doente na viagem. Fora os problemas atrelados a perda de bagagem, cancelamentos e atrasos de voos, entre outros.

O Seguro Viagem opera como um plano de saúde temporário e funciona como garantia para indenizações contra diversos tipos de acidentes.

Como qualquer ser humano está sujeito a passar por imprevistos, o seguro viagem é uma exigência, tanto para quem já está acostumado a pôr o pé na estrada, quanto para quem está, literalmente, em sua primeira viagem.

Existe ainda a possibilidade de, em alguns países, ser obrigatório apresentar o Seguro Viagem na imigração e você correr o risco de ser barrado por não portá-lo.

Lembre-se, seguro viagem não está relacionado somente a problemas de saúde. Dependendo do plano, você poderá ter cobertura por extravio de bagagem, atraso no voo, mau tempo e até mesmo ser evacuado de um país em caso de grave distúrbio civil.

Estar prevenido contra acidentes, problemas de saúde e outros possíveis transtornos durante o período é fundamental. Ainda mais se a sua viagem for internacional, já que em destinos internacionais os planos de saúde brasileiros não têm validade e a burocracia diplomática pode gerar muitos problemas.

Por isso, não deixe de contratar um bom seguro viagem e aproveitar a sua viagem de forma mais tranquila e segura!