É difícil achar uma pessoa que não goste de viajar.

Mas, infelizmente, devido ao momento econômico vivido pelo país atualmente, nem todos estão em condições de gastar para isso. Mas engana-se quem pensa que viajar hoje em dia é para poucos. Saiba que é possível planejar sua viagem gastando pouco? Afinal, viajar já é bom, viajar gastando pouco dinheiro é melhor ainda, não acha?!

Fotografia de mulher em topo de montanha olhando para paisagem de montanhas cobertas por verde.

Não importa se a sua viagem é nacional ou internacional, longa ou curta, perto ou longe ou se é para trabalho ou a lazer, sempre dá para economizar. Para isso, algumas atitudes são fundamentais.

Antes de tudo, é importante entender que não existe segredo ou fórmula mágica para viajar gastando pouco. Com um bom planejamento e muita disciplina, você consegue fazer viagens incríveis sem precisar gastar além do essencial.

Confira: Está planejando a próxima viagem? Saiba como economizar com hospedagem

Voos: economize na hora de comprar sua passagem

Foi-se o tempo em que apenas pessoas mais ricas viajavam de avião. Hoje em dia é muito mais fácil e democrático organizar uma viagem para qualquer lugar do mundo de avião. Seja para Paris, Japão ou até para o Rio de Janeiro, todo mundo pode. Ou pelo menos já foi assim.

Com a crise econômica que o país atravessa, potencializada pela pandemia do Coronavírus, parece que o Brasil retrocedeu 30 anos. Inflação, desemprego, crise ambiental… Com isso, viajar de avião parece que está voltando a ser coisa para poucos.

As passagens aéreas normalmente são o maior gasto em uma viagem. A notícia boa é que é possível economizar no momento da compra dos seus bilhetes. Para quem não abre mão de voar, alternativas para economizar não faltam.

Fotografia de jovem em aeroporto com mochila nas costas e olhando para quadro de chegadas e partidas.

Você sabia que em um mesmo voo, existem passagens mais baratas e mais caras? Pois bem, isso acontece porque as empresas aéreas dividem a aeronave em blocos e define preços diferentes para cada uma dessas poltronas.

De acordo com a ocupação da aeronave e a data do voo se aproximando, os preços das passagens vão alterando.

Quando faltam poucas semanas para o voo, geralmente as empresas aéreas fazem promoções. Mas quando está muito próximo da data de embarque, as passagens tendem a aumentar. Por isso, se você está organizando sua viagem e quer economizar na hora de comprar sua passagem aérea, fique de olho em todas alternativas.

Leia Também: Baixa temporada: quando é e quais os melhores destinos para visitar no Brasil

Hoje em dia existem muitas ferramentas utilizadas para comparar os preços das passagens aéreas. Aplicativos como Decolar, Kayak e Passagens imperdíveis são importantes aliados na hora de comprar sua passagem aérea gastando pouco.

O Google Voos também pode te ajudar na hora de economizar. Ele apresenta informações bem detalhadas sobre os voos e as melhores oportunidades do momento para comprar as passagens aéreas.

Outra dica importante é escolher horários menos convencionais para viajar. Geralmente para voos internacionais não existem muitas opções de horários, pois a quantidade de voos por dia são menores comparado com os voos domésticos. Nos voos nacionais é possível economizar escolhendo horários menos disputados para viajar.

É comum encontrar passagens em horários como do almoço, madrugada e final da noite com o preço bem mais em conta. Se você puder viajar no meio da semana também é uma ótima escolha para poder economizar. Normalmente os voos são mais caros às sextas e aos sábados e domingos, pois nesses dias as procuras são maiores.

Saiba Mais: Turismo: confira as melhores dicas para planejar sua viagem

Estadia: economize com a sua hospedagem

Outro ponto que pesa bastante em uma viagem é a estadia. Muitas vezes as pessoas conseguem economizar na passagem aérea mas acabam desperdiçando na hora de escolher onde se acomodar. Por isso, é fundamental você conhecer algumas técnicas para economizar também na hora de procurar sua estadia.

Fotografia de mulher mais velha dando chave para uma jovem. A jovem usa uma mochila de viagem e a senhora usa calça jeans rasgada e blusa listrada.

O primeiro ponto é tentar fugir dos hotéis convencionais. Busque hostels e até acomodações no Airbnb, nesses lugares os preços tendem a ser mais baixos. Muitas pessoas ainda ficam com o pé atrás de se hospedar em quartos compartilhados, mas saiba que hoje em dia existem diversas opções seguras e confortáveis para quem quer gastar pouco.

Para quem está viajando em grupo, o ideal é alugar quartos inteiros ou até mesmo uma casa. Assim o valor total é dividido entre todos e no final a conta sai bem mais barata.

Outra dica legal é tentar passar pernoites viajando. Assim você consegue economizar tanto no valor da passagem quanto na hospedagem. Essa tática é perfeita para quem está fazendo um mochilão ou conhecendo vários lugares em uma só viagem.

Trocar sua mão de obra por hospedagem também pode ser uma boa se você tiver tempo e disposição para isso. Muitos hostels oferecem acomodação para quem está disposto a ajudar no dia a dia do local.

Você pode ficar na recepção, ajudar na cozinha ou até mesmo na limpeza. Apps como WWOOF, CollabTour e WorkAway podem facilitar e muito sua procura por lugares que trocam hospedagem por serviços. Opções não faltam para quem quer economizar.

Alimentação: faça sua própria comida

Essa é uma das melhores alternativas para quem quer economizar também na alimentação durante uma viagem. Mas para você conseguir fazer suas próprias refeições, é necessário estar hospedado em um local que te proporcione fazer isso. Ou seja, o local precisa ter geladeira, fogão e outros utensílios de cozinha. Por isso a escolha da sua hospedagem é tão importante.

Fotografia de casal sentado em grama em frente a fogueira, com iluminação de fim de tarde. Ambos sorriem enquanto o homem despeja algo na caneca da mulher.

Evite ao máximo almoçar ou jantar em shoppings e em restaurantes. Se você quer fazer uma viagem econômica de verdade, terá que ser rigoroso quanto a isso. Geralmente nos pontos turísticos da cidade as comidas são mais caras.

Outra dica muito interessante é comprar mantimentos nos supermercados com as melhores ofertas e fazer piqueniques em lugares públicos, aproveitando assim todo o encanto do lugar que você está visitando sem precisar pagar caro por isso.

Busque alternativas mais práticas, rápidas e baratas, como o macarrão. Assim você não perderá muito tempo na cozinha ao invés de estar aproveitando a sua viagem. Outra dica de ouro é ter sempre consigo uma garrafinha de água. Por mais barata que seja a água, de pouco em pouco seu dinheiro vai indo embora.

Lazer: divirta-se gastando pouco

A última dica é você montar o seu próprio roteiro da viagem e não depender de guias para conhecer determinados locais. Mas para isso você precisará de muito planejamento.

Quando estiver na etapa de comprar as passagens aéreas, já comece a planejar seu roteiro. Pesquise sobre os locais que quer visitar, procure dicas de quem já foi lá e até mesmo dos moradores. Sabendo como funciona cada ponto turístico você consegue economizar com passeios feitos por conta própria.

Fotografia de grupo de pessoas ao ar livre sorrindo em frente a um corpo d'água.

Não esqueça de usar e abusar das atrações gratuitas. Existem muitos museus, igrejas e áreas que não exigem pagamento para entrar. Se você quer economizar, foque nesses lugares e esteja sempre disposto a andar um pouquinho mais para conhecer novos lugares.

Ah, se a sua viagem tiver como objetivo conhecer novos lugares e viver suas experiências, evite frequentar as baladas, ou vá o mínimo possível. Geralmente esse tipo de lugar é mais caro que as outras atrações.

Mas se você é baladeiro de carteirinha e não abre mão da sua noite de farra, procure sempre promoções e os dias que oferecem entradas gratuitas ou pela metade do preço. Por isso é importante pesquisar bem sobre o lugar que você vai, pois assim você encontrará essas informações com muito mais facilidade.