Como tirar passaporte: passo a passo simples e completo

Viajar para fora é o desejo de muitos brasileiros. Apesar do Brasil ser um país enorme, onde cada região possui características únicas, uma viagem internacional tem um ar especial. Clima, cultura, arquitetura, infraestrutura, culinária, idioma, ou seja, tudo é diferente do que se vê em terras nacionais.

E, tirando alguns países da América do Sul, como Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Peru, Uruguai, Paraguai e Venezuela, para qualquer outro lugar do mundo é preciso tirar passaporte para viajar.

Para emitir esse documento é preciso seguir algumas etapas, que vão desde um cadastro online até um tipo de entrevista na Polícia Federal. Mas não precisa se assustar. Fazendo o passo a passo certinho não vai ter erro. Depois é só comprar as passagens e arrumar as malas para aproveitar as férias!

Documentos necessários

Tirar passaporte. Documentos necessários

O processo se inicia com um cadastro online no site da Polícia Federal. Nesse cadastro é preciso preencher com informações sobre alguns documentos. Além de preencher no site, é necessário levá-los no atendimento presencial. Assim, é essencial ter os documentos originais em mãos, além de estarem em boa qualidade, sem rasuras e válidos.

A lista de documentos é pequena e simples. É preciso levar um documento de identificação como carteira de identidade (RG), carteira de motorista (CNH) ou outro documento com foto, como a carteira de trabalho (CTPS) ou um passaporte anterior.

Para os menores de 12 anos, basta apresentar a certidão de nascimento. Além disso, é preciso de CPF, certidão de casamento (quando ocorreu mudança de nome) e, para os naturalizados, a certidão de naturalização.

Caso o passaporte anterior ainda esteja válido, é obrigatório apresentá-lo também. Em casos de perda ou roubo do mesmo, é preciso o Boletim de Ocorrência da Polícia Civil, com a devida tipificação.

Crianças menores de 5 anos devem apresentar também uma foto recente do rosto no tamanho 5x7, colorida, sem data e com fundo branco. Para os menores de 18 anos, salvo os emancipados, é preciso de uma autorização para tirar passaporte. O acompanhante deve apresentar um documento e o emancipado deve comprovar a emancipação.

Até pouco tempo atrás, era preciso apresentar também o título de eleitor, os comprovantes de votação e o documento de alistamento militar, para os homens.

Agora não é preciso mais levar esses documentos, porém é obrigatório estar em dia com a justiça eleitoral e com o serviço militar. A Polícia Federal faz uma checagem desses documentos antes da emissão do passaporte. Você pode conferir sua situação no site do TSE e do Exército Brasileiro.

Passo a passo

Passo a passo para tirar passaporte

Depois de separar todos os documentos, chegou a hora de começar de verdade. O processo se resume em 5 passos:

1. Preencher o formulário;

2. Pagar o boleto;

3. Agendar o atendimento;

4. Comparecer ao atendimento no posto da Polícia Federal;

5. Retirar o passaporte.

Cadastro online

Com os documentos em mãos, chegou a hora de preencher o cadastro online no site da Polícia Federal. O link para o formulário é esse. O preenchimento é bem tranquilo, mas é preciso ter bastante atenção para não ocorrer nenhum erro de digitação. É muito importante que você preencha sem erros para agilizar o atendimento presencial.

Após preencher e confirmar os dados, será gerado um protocolo com a solicitação e a Guia de Recolhimento da União (GRU). Feito isso, agora é seguir o próximo passo.

Pagamento de Taxa

Atualmente (2021), o valor da taxa é de R$257,25. O boleto pode ser pago pela internet, nos bancos ou nas lotéricas. O pagamento normalmente é compensado no dia seguinte, mas pode demorar até 72 horas para ser reconhecido.

Fique atento aos pagamentos feitos por aplicativos de cashback. É comum ocorrer alguns erros nesse modo de pagamento, o que pode levar a um atraso nessa etapa. Quando o pagamento for reconhecido, o agendamento do atendimento será liberado no site da Polícia Federal.

Infelizmente, não há nenhum tipo de isenção da taxa para tirar passaporte.

Agendar atendimento

O agendamento deve ser feito assim que o boleto for compensado por este link. É possível marcar até 6 solicitações por agendamento. Basta preencher com o CPF, o número do protocolo e a data de nascimento para ter acesso às datas disponíveis.

O prazo varia, já que depende da demanda no momento. Você pode conseguir agendar para a mesma semana. Mas, se a procura estiver alta, pode demorar um pouquinho mais que isso.

É importante evitar faltar ao agendamento. Como medida de segurança, só é possível reagendar duas vezes a cada 30 dias.

Atendimento

Depois de agendar é preciso comparecer ao atendimento da Polícia Federal na data e hora marcada com os documentos informados no cadastro online (e os descritos no início do texto).

Além da confirmação dos dados, no atendimento presencial será feita a foto e a coleta das digitais. Fique atento, pois você precisa levar os documentos originais. Nada de cópias autenticadas, só original.

O atendimento costuma ser rápido e pontual. Se programe para chegar com uma antecedência de 15 minutos para evitar atrasos. Não é necessário levar o comprovante de pagamento.

Todos os documentos serão conferidos e, se acontecer de um ter algum erro de digitação, isso pode gerar algum problema.

Se você tem algum documento com informação errada, tente regularizar essa situação antes de começar o processo do passaporte.

Entrega do passaporte

Ao término do atendimento, é gerado um protocolo com previsão de entrega. Normalmente, são seis dias úteis e no site é possível ver se ele já está disponível (clique aqui). É preciso ir pessoalmente buscá-lo, já que é necessário assinar o passaporte lá mesmo. E basta levar um documento de identidade original. Os menores de idade devem ir acompanhados dos responsáveis legais para tirar o passaporte.

Lembre-se: o passaporte fica disponível para ser retirado por até 90 dias. Depois desse tempo, ele é cancelado e não há reembolso do valor. Por isso, fique atento ao prazo.

Dicas

Dicas para tirar passaporte

O passaporte deve ser o primeiro item para começar a planejar a sua viagem. Então, nada de comprar passagens antes de ter o documento em mãos. Alguns problema com emissão de passaporte já aconteceram no Brasil.

Em 2017, por exemplo, ocorreu uma suspensão da emissão de passaportes durante por um período. Quando o serviço voltou, a demanda foi muito alta, o que atrasou o processo para todos. Então, se estiver planejando uma viagem internacional, lembre que o passaporte é o primeiro item da lista.

Prazo de validade

O prazo de validade do passaporte para maiores de 18 anos é de 10 anos. Para menores, o prazo varia. Confira:

  • De 0 a 1 ano incompleto - 1 ano de validade
  • De 1 ano até 2 anos incompletos - 2 anos de validade
  • De 2 anos até 3 anos incompletos - 3 anos de validade
  • De 3 anos até 4 anos incompletos - 4 anos de validade
  • De 4 anos até 18 anos incompletos - 5 anos de validade

Visto

Alguns países necessitam de visto para permitir a entrada de turistas, estudantes e trabalhadores. Alguns vistos são mais fáceis e baratos de conseguir, como no caso do visto canadense. Já o visto americano tem a fama de ser um processo bem chatinho, cansativo e nem sempre tem um final feliz. Mas, não desanime. Se você quer conhecer a terra do Tio Sam, confira este texto e saiba como tirar o visto americano.

Passaporte de Emergência

Passaporte de emergência

Apesar da solicitação de passaporte não ser tão demorada, emergências podem acontecer. Para isso existe o passaporte de emergência, o que garante o documento o quanto antes.

O passaporte de emergência é emitido dentro de 24 horas úteis. Porém, como o próprio nome diz, ele é para emergências. Ou seja, é apenas para algumas situações. Dessa forma, existem alguns critérios para poder fazer a solicitação desta opção.

Outro ponto importante que deve ser observado é o prazo de validade. Um passaporte brasileiro normal, para maiores de 18 anos, tem validade de 10 anos. Já o passaporte de emergência tem uma validade bem mais reduzida e o prazo é de apenas 1 ano. Além disso, é importante ficar atento: Nem todos os países aceitam essa modalidade de passaporte. Para saber mais sobre o passaporte de emergência basta clicar aqui e ler o artigo completo sobre o assunto.

Conclusão

Para tudo na vida é sempre bom ter organização e planejamento. Ainda mais quando se trata de uma viagem. E, se essa viagem for internacional, é aí que os cuidados devem ser ainda maiores. Além de pensar em todos os detalhes como verificar as exigências do destino, bagagens, hotel, etc, o passaporte é o primeiro passo para tudo isso.

Por isso, lembre-se de começar a organizar sua viagem por esse ponto. Nada de comprar passagens, reservar hotéis e fazer planos sem antes ter o seu passaporte em mãos. E, se houver algum erro com seu voo, o perdimeuvoo.com conta com profissionais qualificados para te ajudar a conseguir sua indenização.

Ficou claro que apesar de ser simples tirar um passaporte, é preciso seguir todas as etapas atentamente. Então, se está pensando em tirar o seu passaporte, siga esse passo a passo para não ter problemas. No mais, uma boa viagem!

Curtiu nosso conteúdo? Continue acompanhando nosso blog e fique por dentro de todas as nossas novidades.