Idosos conectados se divertindo com computador

Se tratando de tecnologia, o mundo mudou muito rápido nos últimos anos. Celular, computador, internet, smartphone, rede móvel. E tudo isso se popularizou com muita velocidade nos últimos 15 anos.

Os jovens e crianças nasceram tendo mais contato com essa tecnologia. Os adultos, em idade e ambientes de trabalho, tiveram que se virar para aprender a usar. E os aposentados? Para os muitos idosos, a tecnologia ainda é um bicho de sete cabeças.

Alguns “mais modernos” até se aventuram a mexer na sua conta bancária pelo smartphone. Já outros resistiram, mas com o tempo passaram a usar aparelho para fazer algumas coisas. Exceto mexer no dinheiro da aposentadoria pela telinha. “Onde já se viu pagar uma conta aqui, preciso do comprovante impresso, vai que dá errado”.

Mas, a cada dia que passa, o mundo tecnológico tem se tornado um tanto quanto cruel com as pessoas mais velhas. Muitos bancos estão tirando os caixas físicos e trabalhando apenas com os eletrônicos. Estacionamentos cada vez mais usam máquinas eletrônicas para o seu pagamento. Sem falar nos diversos serviços que passaram a ser feitos pelos aplicativos. Até o INSS quer tornar a prova de vida digital.

Ou seja, se tornar tecnológico já não é apenas uma questão de escolha, é uma necessidade da sociedade atual. Se você ainda está tentando se opor a tecnologia, é melhor deixar a teimosia de lado e começar a conectar. Nesse texto, você vai descobrir que tecnologia não é um bicho de sete cabeças e ver os benefícios de usá-la ao seu favor.

5 benefícios que a tecnologia proporciona para a vida dos idosos

1. Facilidade na comunicação

Idosa sorrindo em vídeo chamada pelo celular

A comunicação foi algo que a tecnologia mudou muito. Da carta para o telefone, do telefone para o celular, do celular para o smartphone. Hoje é possível compartilhar fotos, mensagens, vídeos, textos, fazer chamada de vídeo, realizar conversas em grupo. Tudo pelo seu smartphone.

Sim, nada substitui um encontro pessoal. Mas a tecnologia tornou a comunicação mais prática. E rápida. É possível conversar com um neto que que mora em outro país, com horas e horas de fuso horário. Ou receber uma foto da sua filha que comemorou o aniversário em outra cidade.

A aproximação entre as pessoas, mesmo que de forma virtual, cobre o vazio que a distância entre as pessoas gera, reduzindo assim o risco de desenvolver doenças como a depressão. Enfim, não tem como não reconhecer os benefícios da tecnologia na comunicação.

2. Mente ativa

Homem idoso sorrindo manuseando um tablet

Um dos pontos essenciais para manter uma boa saúde na terceira idade é cuidar da mente. Mantê-la em atividade diminui a perda de memória, que é natural do corpo humano.

Parece bobeira, mas a tecnologia ajuda nesse processo. Primeiro, que por ser nova para muitos, é preciso aprender a usar os diversos aparelhos que se tem hoje em dia. E, aprender algo novo já é um trabalhão para a mente.

Segundo, é o fato da tecnologia está sempre em mudanças e atualizações. Sistemas novos, aparelhos mais modernos. Por fim, a enorme quantidade de conteúdos que existe na rede. Muitas notícias para ler, vídeos para ver e aprender algo novo, redes sociais para interagir e até mesmo joguinhos para usar de passatempo.

3. Tecnologia também é diversão

Grupo de idosos se divertindo com um smartphone

Como falado no item anterior, no computador ou no celular é possível jogar. Jogos online, ou seja, com outras pessoas, ou até mesmo jogos sozinho, como o tradicional jogo de baralho paciencia.

Além disso, é possível ver filmes, séries, vídeos, show, ler livros. Enfim, são muitas opções de diversão disponíveis.

4. É possível aprender coisas novas

Casal de idosos olhando um tablet

Na internet existe um mundo de conhecimento disponível pela tela do computador ou do celular. É possível ver vídeos e aprender algo novo. Existem diversos cursos de que são vendidos, que vão desde bordado, pintura e culinária até cursos sobre como preparar seus produtos de higiene pessoal.

Sem falar que com o isolamento social, devido à pandemia, muitos profissionais começaram a dar aulas online, como cursos de idioma. E, é claro, nunca é tarde para aprender algo novo!

5. Independência

Casal de idosos fazendo selfie

Hoje em dia, é possível pedir um jantar pelo celular e receber na porta de casa. Ou pedir um Uber para ir a qualquer lugar. E até mesmo resolver coisas de banco, como pagar contas e fazer uma transferência pela tela do celular. Até investimentos são feitos por plataformas digitais.

Ou seja, você tem muito mais autonomia, consegue decidir coisas sem depender de ninguém. Independência é o melhor da melhor idade.

Tecnologia é liberdade

Se você chegou no final desse texto e ainda não está convencido que é necessário se tornar um adepto da tecnologia, volte para o início. Brincadeiras a parte, o mundo tecnológico chegou e querendo ou não, muitas coisas já estão mais evoluídas.

Então, é necessário entrar nesse mundo e se manter conectado. Até porque, tecnologia não é nenhum bicho de sete cabeças. Tecnologia permite que você tenha mais liberdade e autonomia nesse mundo tão moderno.