Para quem não conhece, o Aeroporto Santos Dumont é um aeroporto doméstico da cidade maravilhosa - o Rio de Janeiro. Ele é um dos 10 mais movimentados do Brasil e possui uma paisagem de tirar o fôlego!

Oficialmente inaugurado em 1936, o aeroporto Santos Dumont já passou por diversas reformas e ampliações. E agora, em 2019, está passando por outra. Obras essas que farão com que mais de 700 mil passageiros tenham seus voos transferidos para o Galeão.

Funcionários do Galeão trabalharão em "regime especial" para poder atender a esse enorme fluxo de pessoas que foram transferidas. Com essa grande demanda, pode acontecer de ter voo atrasado. Aí já sabe né? Os aborrecimentos começam a aparecer, pois muitas empresas aéreas não respeitam os direitos do viajante.

E engana-se quem pensa que esse tipo de situação é coisa rara aqui no Brasil. As manutenções e reformas dos aeroportos são apenas alguns dos motivos dos atrasos por aqui. Nosso país é um dos campeões quando o assunto é voo atrasado.

O sonho de todo turista é viajar tranquilo! Conhecer novos lugares, pessoas e culturas, sem ter dor de cabeça. Mas, para isso acontecer, é preciso planejamento! Por isso, é importante conhecer o cenário aéreo brasileiro e suas particularidades.

Confira abaixo uma análise do cenário aéreo do país e os motivos que fazem os atrasos serem cada vez mais frequentes por aqui.

A Análise do Cenário Aéreo Brasileiro

Estudos realizados pelo Núcleo de Jornalismo de Dados do GLOBO revelaram que, nos últimos 4 anos, mais de 20% dos voos no Brasil sofreram algum tipo de atraso. Esses números foram extraídos da base de dados da Anac. Para a elaboração da pesquisa, foi levado em consideração apenas voos nacionais e que extrapolassem 30 minutos do tempo previsto.

Analisando o estudo é possível observar que, a maioria dos atrasos acontecem nos meses de julho e dezembro. Não por acaso, são períodos de férias e que eleva muito a movimentação nos aeroportos. Já a menor taxa de atraso é no mês de setembro. Em relação aos dias da semana, sexta-feira é o dia com maior número de atrasos. Enquanto domingo apresenta o menor número. Por fim, no quesito horário, as madrugadas trazem maior pontualidade aos voos. Diferente dos horários noturnos, em que o percentual de atrasos quase dobra.

Dentro desses dados, existem também os aeroportos que mais atrasam. Este estudo mostra que todos os sete principais aeroportos do Brasil possuem uma taxa de atraso acima da média mundial.

As linhas que mais atrasam no Brasil

Só quem já passou por atraso ou cancelamento de voo sabe o caos que essa situação gera. Os causadores desse transtorno são os mais variados. Vão desde problemas técnicos da aeronave até o mau tempo.

Para ficar claro primeiro é preciso entender o que, de fato, é um voo atrasado! Segundo a Anac, é considerado como voo atrasado: a partir de 30 minutos (voos internacionais) e 15 minutos (voos nacionais).

Os motivos são os mais variados possíveis. Em julho de 2019, aproximadamente 16% dos atrasos nos voos foram por obras nos aeroportos. Em seguida, com quase 14%, vem os atrasos decorrentes de problemas com conexões da malha aérea. Enquanto no resto do mundo um dos maiores causadores de atraso é o mau tempo, no Brasil ele é responsável por apenas 9% dos casos.

Devido a esses problemas que o país enfrenta, existem algumas linhas que são as campeãs de atrasos. De janeiro a julho de 2019, a rota entre Confins e Guarulhos teve 17% dos seus voos atrasados ou cancelados. Entre as 20 rotas de maior movimentação, a de Porto Alegre a Galeão foi a menos afetada. Ela teve apenas 8% dos voos atrasados ou cancelados.

Quais motivos fazem seu voo atrasar

Imagine você, depois de planejar sua viagem em cada detalhe, já no aeroporto, recebe a notícia que seu voo vai atrasar e não tem previsão para decolar. Pronto. Isso já é motivo para grandes preocupações.

Os atrasos nos voos são situações terrivelmente desagradáveis. Mas, infelizmente, é bastante comum. Porém, não é porque é comum que o passageiro deve aceitar passivamente. Os direitos do viajante são garantidos por lei e é fundamental que todos conheçam para que possam exigi-los.

Motivos para o voo atrasar não faltam, mas separamos os principais para você conhecer e, se possível, tentar se prevenir.

1. Adversidade

Todos nós estamos sujeitos aos percalços e contratempos da vida, não é mesmo?! E com as empresas aéreas não é diferente. Algumas situações inesperadas podem acontecer e gerar o atraso ou cancelamento do seu voo. Como problemas técnicos e manutenções não planejadas, que são as causas mais comuns de atrasos. Pois acontece de uma hora pra outra, sem que ninguém esteja esperando, quando o avião ainda nem levantou voo.

Essas falhas técnicas obrigam as aeronaves a permanecerem em solo enquanto o problema é resolvido. Muitas vezes, acontece de ter que trocar de avião, o que leva ainda mais tempo.

Para quem tem compromissos com horário marcado ou conexões, esse tipo de situação causa um verdadeiro caos na viagem. Por isso, é fundamental saber como comprovar que seu voo atrasou para poder brigar pelos seus direitos.

É muito difícil prever esse tipo de coisa, mas uma dica é optar por empresas aéreas de renome e que tenham uma frota nova.

2. Clima

Outra situação que é muito comum causar atrasos em voos é o mau tempo. As condições climáticas adversas já fizeram muita gente dormir no aeroporto.

Em cidades que a variação climática é muito intensa, os aeroportos costumam fechar algumas vezes por ano. E é aí que o caos se instala. Voo atrasado e até cancelamentos viram rotina. Os direitos do viajante em relação a isso se mantém, mas é uma dor de cabeça que não tem como evitar, apenas minimizar!

Chuvas fortes, nevascas, ventanias e até furacões podem ser os causadores. Tudo isso prejudica a decolagem e o pouso das aeronaves. Sem contar que, em situações extremas, a segurança dos passageiros devem ser prioridade. Por isso, as companhias aéreas optam, muitas vezes, por aguardar ou até cancelar alguns voos.

Uma dica para tentar evitar esse tipo de situação é se planejar. Estudar qual a melhor época do ano para viajar para determinado local é uma boa opção. Por exemplo, existem lugares que em determinada época do ano a ocorrência de tempestades é mais comum. Logo, você deve evitar ir para lá nesse período.

3. Espera por Passageiros

Junto aos problemas técnicos e ao mau tempo, existem as pessoas que estão em conexão. E esse é o terceiro maior causador de atrasos em voos. Sim, um atraso em um voo pode atrasar outro voo e assim sucessivamente, virando uma bola de neve. Isso se dá pelo motivo da companhia aérea ter que esperar os passageiros que não chegaram a tempo.

Além disso, existem também as situações em que o passageiro despacha a mala e acaba não embarcando. Isso é uma pedra no sapato das companhias aéreas. Pois, quando isso acontece, a empresa tem que ir até o avião, procurar a mala do sujeito e então tirá-la do voo. Nessa brincadeira lá se vão minutos ou até horas preciosas.

4. Lotação

Quem já pegou um busão lotado sabe o caos que é. Agora, imagina isso dentro de um avião. Esse é um fato que também pode causar atraso nos voos. Já que quanto mais cheio o avião está, as chances de acontecer algum problema são maiores. Um exemplo é na hora do desembarque. Com o voo lotado, ele acontece de maneira mais demorada, o que acaba fazendo com que o próximo voo atrase.

Se você for a pessoa que perdeu o voo, não se desespere. Imprevistos acontecem. O fundamental é manter a calma e procurar os atendentes da sua companhia aérea.

Em relação a ANAC: Quais são seus direitos?

De acordo com a Resolução nº 141/2010, da Anac, em casos de atraso no voo, o passageiro tem direitos básicos que devem ser respeitados. Que são: acesso à
informação e assistências materiais.

No caso da informação, é obrigação da companhia aérea informar os passageiros sobre o status do voo atrasado. Além de ir atualizando a situação a cada 30 minutos. Já em caso de cancelamentos, a empresa aérea deve informar imediatamente aos passageiros.

As assistências materiais para os passageiros que tiveram seus voos cancelados são: comunicação, alimentação e acomodação. A partir de 1 hora de espera a companhia aérea deve fornecer meios do passageiro se comunicar, como telefonemas e acesso a internet. Já quando a espera é a partir de 2 horas, a companhia deve fornecer alimentação aos passageiros. Quando for superior a 4 horas, os passageiros têm direito a hospedagem. Vale ressaltar que caso o passageiro esteja próximo a sua casa, a companhia aérea deve disponibilizar o transporte para o mesmo até o local.

Essas determinações da Anac são para minimizar os desconfortos causados aos passageiros enquanto aguardam. Mas, vale frisar que é também obrigação da companhia aérea realocar o passageiro em outro voo, caso o mesmo seja cancelado. Porém, caso o passageiro não queira ser reacomodado, ele tem direito ao reembolso. O valor deve ser estornado ao consumidor sem que seja cobrado qualquer tipo de taxa.

Caso você tenha tido algum direito violado durante uma viagem, entre em contato com profissionais que possam te auxiliar da melhor forma a garantir os seus direitos!