Se engana quem acha que restaurantes são apenas lugares para fazer refeições fora de casa. A gastronomia local é uma ótima forma de conhecer um lugar.

Ratatouille, uma animação da Disney lançada em 2007, mostra bem isso. Primeiro que o prato principal servido no filme é um clássico da culinária francesa e dá nome ao longa. Além disso, a escolha dos produtos e as características do cardápio, também mostram sobre a cultura parisiense.

Outro ponto interessante do filme é sobre a importância da crítica para o restaurante. É uma busca incansável dos chefes para manter, ou fazer, o restaurante chegar no topo das avaliações. E quem ganha com isso são os clientes, que podem cada vez mais saborear um bom prato.

Algumas cozinhas têm características muito marcantes. A massa logo é associada à culinária italiana. O bacalhau à gastronomia de Portugal. A cozinha árabe junta a carne com ingrediente locais e transforma em pratos únicos. Explorar os sabores locais tornam uma viagem ainda mais completa e inesquecível.

Para te ajudar a complementar o roteiro da sua próxima viagem, separamos alguns dos melhores restaurantes do mundo. Mas antes, é preciso entender quais são os métodos de avaliação e quem são os responsáveis.

Guia Michelin

Não tem como falar dos melhores restaurantes do mundo sem citar o Guia Michelin. Esta é, sem dúvidas, a maior avaliação que um restaurante pode ter. O Guia Michelin começou como um guia de turismo, feito pela empresa de pneu Michelin.

O guia tinha informações sobre como trocar o pneu, onde abastecer o carro, além de dicas de hotéis e restaurantes para os viajantes. Em 1926, o guia começou a avaliar os restaurantes. Para isso, recrutaram uma equipe de clientes ocultos, hoje conhecidos como inspetores de restaurante. Inicialmente, a avaliação era de apenas uma estrela somente. Em 1931 passou a ser avaliado entre 0 e 3 estrelas. Hoje o guia conta com mais de 30 mil estabelecimentos avaliados, em diversos países do mundo.

Top 10 dos melhores restaurantes do mundo

Para essa lista, adotamos a lista do “The World's 50 Best Restaurants”. Essa lista é publicada anualmente pela revista britânica “Restaurant”. Confira abaixo os 10 melhores restaurantes da última lista referente ao ano de 2019:

Mirazur

O restaurante francês Mirazur é o primeiro da lista. O restaurante fica em Mentin e a cozinha é guiada pelo chefe argentino Mauro Colagreco. O restaurante tem uma belíssima vista da Riviera Francesa. A culinária é inspirada no mar, nas montanhas e no jardim do restaurante. Além de ser considerado o melhor restaurante do mundo, o Mirazur também possui 3 estrelas pelo Guia Michelin.

Noma

O segundo melhor restaurante do mundo é o dinamarquês Noma. Ele foi criado em 2004, fica na capital do país e o chefe do local é René Redzepi, natural da Dinamarca. A especialidade do restaurante são os aspargos com ervas selvagens e cevada, o bacalhau assado com condimentos e o sorvete de aspérula com seiva de bétula e pinhas. O Guia Michelin classificou o restaurante com 2 estrelas.

Etxebarri

O espanhol Asador Etxebarri é considerado o terceiro melhor restaurante do mundo. O chefe Victor Arguinzoniz usa fogo, carvão e fumaça para reparar seus pratos. Os pratos são mais simples, mas perfeitamente preparados. Sem falar que a brasa dá um toque especial e único ao prato final. O restaurante foi classificado como 1 estrela no Guia Michelin.

Gaggan

O Gaggan era o melhor restaurante asiático do mundo. Sim, era. Em agosto de 2019, o chefe Gaggan Anand anunciou que o restaurante estava fechando as portas. Porém como ele estava na atual lista, irá permanecer até a próxima ser lançada. O restaurante ficava em Banhkok, na Tailândia. Chegou a ter 2 estrelas no Guia Michelin.

Geranium

Novamente, um restaurante dinamarquês na lista. O Geranium está localizado em um estádio de futebol, em Copenhague. A diferença do restaurante está em misturar muito bem os ingredientes orgânicos com técnicas modernas. O talento do chefe Rasmus Kofoed garantiu, além do quinto lugar na lista, as sonhadas 3 estrelas do Guia Michelin.

Central

O primeiro restaurante da América é o sul americano Central. Localizado em Lima, capital peruana, o Central é conduzido pelos chefes e casal Virgilio Martínez e Pía León. Usando alimentos abundantes do país, o casal está sempre viajando para encontrar novos ingredientes para testar e inovar na sua cozinha. O restaurante não possui avaliação no Guia Michelin, assim como nenhum restaurante do Peru.

Mugaritz

O sétimo da lista dos 10 melhores restaurantes do mundo é o Mugaritz. Localizado em uma pequena cidade da litoral da Espanha, o restaurante tem um ar mais despojado. O chefe Andoni Luis Aduriz muda o cardápio com frequência e o nome dos pratos são bem divertidos. Além disso, o restaurante fica em uma belíssima casa de campo. Vale a pena a experiência. E o Guia Michelin avalia o local com 2 estrelas.

Arpège

O francês com 3 estrelas pelo Guia Michelin, é o 8º lugar entre os 10 melhores restaurantes do mundo. O chefe Alain Passard permanece por muitos anos já entre os melhores. Um grande diferencial da sua cozinha é que o foco é em uma gastronomia sustentável. Os pratos usam ingredientes orgânicos, de uma horta própria. Além disso, o menu oferece opções vegetarianas. O Arpège fica em Paris.

Disfrutar

A cozinha aberta do Disfrutar está no comando dos três chefes: Oriol Castro, Mateu Casañas e Eduard Xatruch. Apesar do ambiente ser mais simples, o cardápio é repleto de pratos bem elaborados e cheios de técnica. E está localizado na belíssima cidade de Barcelona, na Espanha. Aberto em 2014, ele já garantiu 2 estrelas pelo Guia Michelin.

Maido

Novamente um restaurante peruano na lista. O Maido fecha a lista dos 10 melhores restaurantes do mundo, segundo a lista da revista inglesa Restaurant. O restaurante é um experiência Nikkei, que é uma mistura entre a gastronomia peruana e a japonesa.

O restaurante é guiado pelo peruano Mitsuharu Tsumura, que foi ao Japão aprender mais sobre suas origens. A cozinha fica aos comandos do chefe Cesar Choy. É uma experiência única. Apesar de todas as qualidades, assim como o Central, o Maido não possui uma avaliação pelo Guia Michelin.

Bônus - Top 5 dos melhores restaurantes no Brasil

Apesar de se chamar “The World's 50 Best Restaurants” a lista tem 120 restaurantes. Então, fizemos uma lista com os 5 brasileiros que estão estre os melhores restaurantes do mundo. Confira:

A Casa do Porco

O famoso restaurante na capital paulistana, A Casa do Porco, é o único do Brasil entre os 50 melhores restaurantes do mundo. O ambiente é estilo bar, nem um pouco clamoroso como muitos dessa lista. Porém, a qualidade excepcional da comida feita pelo chefe Jefferson Rueda garantiu a classificação.

Como diz o nome, os pratos são inspirados na carne de porco. Uns dos itens do cardápio fica assando por 8 horas na churrasqueira. Apesar de não ter estrelas, o restaurante é bem avaliado pelo Guia Michelin.

D.O.M

Um dos melhores e mais conhecidos chefes brasileiros, Alex Atala é o chefe desse emblemático restaurantes. Sua característica que faz ele se destacar dos outros é o fato de usar muitos ingredientes tupiniquins, por vezes ignorados por muitos chefes. E esse diferencial fez o D.O.M garantir 2 estrelas no Guia Michelin. O restaurante está localizado em São Paulo.

Maní

Aos comandos da chefe Helena Rizzo, o seu restaurante Maní não só está na lista da revista inglesa como também é avaliado com 1 estrela pelo Guia Michelin. Localizado em São Paulo, o Maní é possui uma cozinha que transforma os ingredientes nacionais em pratos modernos, sem abandonar a característica brasileira.

Lasai

O primeiro brasileiro na lista que não está em São Paulo. O Lasai é um restaurante localizado no Rio de Janeiro. O chefe Rafa Costa e Silva traduz o nome do restaurante na sua gastronomia. Lasai significa “acalme-se” em basco. E é isso que a cozinha do Lasai traz.

Os ingredientes orgânicos de uma horta própria, produtos de comprados de pequenos produtores, galinhas criadas no quintal. Além disso, os pratos variam de acordo com a sazonalidade dos ingredientes. A qualidade do restaurante não está apenas nos pratos e também nessas escolhas feitas antes do fogão acender. O Guia Michelin classificou o local com 1 estrela.

Oteque

Mais um carioca na lista, localizado na mesma rua que o Lasai, em Botafogo. O Oteque é comandado pelo chefe Alberto Landgraf, que traz uma gastronomia local, moderna e delicada. O foco é em frutos do mar. O restaurante tem 1 estrela no Guia Michelin.

Conclusão

Viajar é tão enriquecedor que nos proporciona vivenciar momentos únicos e experimentar coisas novas e incríveis. Não importa para onde você vai, com certeza existe algum prato típico ou um restaurante para você conhecer ainda melhor o seu destino. Se você também é fascinado por culinária, não esqueça de colocar algum desses magníficos restaurantes no seu próximo roteiro de viagem.

Curtiu nossa lista? Continue acompanhando nosso blog e fique por dentro de todas as próximas novidades.