Férias confirmadas, passagens compradas, hospedagem reservada. Só de ouvir é maravilhoso, não é mesmo?! Mas aí, chega a hora de elaborar um bom roteiro e planejar a viagem. Museus, praças, parques, praias, passeios. Qual roupa levar? Precisa de casaco para o frio ou só roupa de verão? Separar quanto de dinheiro? Melhor levar um pouco a mais, para comprar aquele perfume. Ou uma decoração para a casa. Qual é o prato típico desse país?

Um dos pontos importantes do planejamento de uma viagem está a gastronomia. Até porque, a culinária local diz muito sobre o país. Sobre sua história e seu presente. Sobre suas características geográficas, seu clima. Então, conhecer a gastronomia também faz parte de toda o conhecimento cultural que essa experiência oferece.

Muitos países têm mais de um prato típico. É comum em algumas regiões prevalecer um e em outras outros pratos. Mas sempre tem um que é possível achar em todos os cantos. Como é com a pizza na Itália. Apesar de ser bem conhecida como prato típico da região de Nápoles, é possível encontrá-la de norte a sul do país.

Leia também:

Outro ótimo lugar para conhecer a gastronomia de um país são em feiras livres. É possível conhecer frutas e verduras diferentes, barraquinhas de comida, entre outros.

Nos esforçamos para listar uns dos 10 pratos típicos mais famosos do mundo. E um dos mais deliciosos. Alguns são até bem populares aqui no Brasil. Mas vale a pena complementar a experiência da viagem comendo-os lá. Vamos a lista!

Os 10 pratos típicos mais famosos

Asado – Argentina

Que nossos vizinhos argentinos amam uma carne, não é novidade. Em média, um argentino consome 51 quilos de carne bovina por ano. Por isso, não é se se esperar que um dos pratos mais famoso do país é o asado. O asado é um prato semelhante ao churrasco brasileiro. Mas, diferente daqui, na Argentina tem alguns molhos para acompanhar as carnes. O mais tradicional é o famoso "chimichurri", que é uma mistura de salsinha, orégano, alho, cebola, pimenta e azeite.

Outra diferença são as carnes. Além da carne de boi, também é usual colocar na parrilla carne de cordeiro, de frango e de porco. Os cortes bovinos usados normalmente são bife de chorizo e bife de lomo. A linguiça chorizo, uma linguiça feita com sangue de boi, com um sabor muito forte, também está sempre presente. Mas, a principal diferença são os miúdos, que vão para a brasa.

Ah, vale lembrar que o parrilhero (ou churrasqueiro, para os brasileiros) é o protagonista do asado. Não são apenas carnes assadas, tem que ter todo um conhecimento de corte e ponto da carne para fazer um bom asado. Por fim, as carnes normalmente são acompanhadas com salada ou batatas fritas.

Paella – Espanha

Esse é o primeiro prato que você vai pensar ao lembrar da Espanha. Essa grande frigideira com essas decorações de camarão é, sem dúvidas, um dos pratos mais famosos do país.

Originalmente, a paella era um prato semelhante ao risoto, uma mistura de arroz com azeite e açafrão. Esse condimento que dá esse tom alaranjado ao arroz. Ao se popularizar no litoral espanhol, a paella ganhou frutos do mar e virou esse guisado como é mais conhecido hoje. Há ainda alguns lugares que colocam carnes de frango e porco e usam mais pimenta do que em outros lugares do país.

Tacos – México

A comida mexicana ganhou muito espaço aqui no Brasil nos últimos anos. É bem comum encontrar restaurantes, food trucks e até em buffet de festas esse tipo de gastronomia. Mas não é para menos. A comida mexicana é bem temperada e, principalmente, bem apimentada.

O taco é um dos principais pratos do país. Eles são feitos com uma tortilha à base de milho, bem crocante. O recheio mais tradicional é o de carne, queijo e uma salada, normalmente tomate e a alguma verdura. E é claro, uma boa pimentinha.

Existem diversos outros recheios, como frango, outras opções de saladas, dentre outras.

Lámen - Japão

Originalmente, esse prato veio da China. Mas, tornou-se um dos pratos mais apreciados pelos japoneses. Também conhecido como “ramen”, o lámen é um prato semelhante a uma sopa, já que a base é caldo, macarrão e acompanhamentos, como ervas e legumes.

Cada região tem o seu tipo de lámen mais famoso. Tem lugares que colocam molho de peixe e em outros uma carne de porco ou manteiga.

Pizza – Itália

Ah, a pizza! Com certeza, esse é um dos pratos mais conhecidos da Itália. E assim como a gastronomia mexicana, a italiana faz muita parte da culinária brasileira. Pizza, macarrão, lasanha, risoto... São muitas maravilhas, não é mesmo? Mas, vamos manter o foco na pizza!

A origem da pizza é meio incerta. Alguns povos, como os egípcios e os hebreus, disputam a autoria do prato. Mas, sua fama e popularização ficou na Itália. Principalmente na cidade de Nápoles. A pizza tem diversos sabores e, normalmente, em terras italianas, principalmente mais ao sul, a sua borda e massa são mais grossas. A legítima é a pizza napolitana. E o sabor mais pedido na Itália é a clássica margherita, com molho de tomate, mussarela (normal ou de búfala) e manjericão fresco.

Outra informação importante é que desde 2017 a UNESCO considera a arte dos “pizzaioli napolitanos” um Patrimônio da Cultura Imaterial da Humanidade. Mas uma prova que gastronomia também é cultura!

Cuscuz marroquino - Marrocos

Outro prato que também é conhecido aqui no Brasil é o cuscuz marroquino, ou couscous marroquino. O prato é muito famoso no Marrocos, principalmente na região da Magrebina. É muito comum ser apreciado como prato principal às sextas-feiras e em dias de festas. Sem falar que a sua receita é passada de geração em geração, o que torna o prato mais especial ainda.

O cuscuz consiste em uma sêmola de cereais. Serve como uma alternativa ao arroz, batatas e massas. Sem falar que é um prato bastante nutritivo, já que vem acompanhado de legumes. Diferente da maioria dos pratos dessa lista, o cuscuz marroquino pode ser é um prato vegetariano. É muito indicado, inclusive para quem segue essa dieta. Mas, também tem outras versões, inclusive versões com carne. Algumas receitas mais famosas são o Couscous au Sept Legumes (só vegetais), o Couscous Royal e o Couscous Viande (com carne).

Hambúrguer – Estados Unidos

Apesar de ser apreciado no mundo todo, nos Estados Unidos o hambúrguer combina bastante. Mas, se engana quem acha que ele é uma invenção americana. O hambúrguer foi trazido por imigrantes de Hamburgo, Alemanha. E hoje é um dos pratos típicos do país.

Todo mundo já sabe o que é um hambúrguer, mas vale a pena reforçar. É como um bolinho de carne, circular e achatado, servido com pão. Quando colocado queijo, vira um “cheeseburger”. Outro ingrediente comum no hambúrguer, principalmente nos EUA, é picles.

Bacalhau – Portugal

Não tem como pensar em bacalhau sem pensar em Portugal. E pensar em Portugal sem pensar em bacalhau. E diferente de todos os pratos da lista. O bacalhau é um alimento muito típico, que é possível fazer vários pratos, um mais delicioso que o outro.

Duas curiosidades sobre o bacalhau. Primeiro, ele não é um peixe específico. São algumas espécies de peixe que passam pelo processo de salgar a carne, e aí sim, se tornam um bacalhau. E outra curiosidade é que seu valor no país é muito mais em conta do que a carne de boi. Sem falar que é uma carne mais saudável. Mais um motivo para o bacalhau ser tão consumido no país.

Essa maravilha é servida de diversas formas. Na entrada, normalmente pode ter bolinho de bacalhau, pataniscas ou até mesmo cru, como um ceviche, que é a “punheta de bacalhau”. Como prato principal, ele pode vir de diversas formas. As mais conhecidas são à Gomes de Sá, à Brás, com natas, assado com batatas, frito, com broa.

Pot-au-feu – França

Achou mesmo que iríamos falar dos pratos mais famosos do mundo e não teria a França na lista? Não dá pra falar desse de belos pratos sem falar desse charmoso país. Uma coisa anda ligada na outra. Os melhores chefs do mundo são de lá e é claro que os pratos também seriam.

O francês tem o dom de transformar o simples em sofisticado. Exemplos não faltam. O escargot é um deles, mas o prato dessa lista tem outra particularidade: sua aparente facilidade no preparo. O pot-au-feu é um dos pratos mais famosos de toda a França. Ele é basicamente um ensopado de carne acompanhado de vegetais de raiz e algumas outras especiarias. A tradução de pot-au-feu é panela no fogo, ou como os brasileiros gostam de falar, carne de panela.

Esse prato leva carne bovina temperada com ervas aromáticas e é, na maioria das vezes, acompanhada por vegetais como alho poró, cenoura, navet e cebolas. Apesar de parecer muito simples, esse é considerado por muitos o melhor prato da culinária francesa. Uma curiosidade interessante é que o prato é peneirado e o caldo é servido separado da carne para evidenciar ainda mais o sabor.

Bobotie – África do Sul

Falar de culinária sem citar a África do Sul é quase um pecado. Embora menos conhecido que os demais pratos aqui listados, o Bobotie não deixa nada a deseja para nenhum deles. Esse é um dos pratos mais famosos e consumidos na África do Sul e é repleto de encantos. Seus ingredientes são: carne moída cozida com temperos adocicados e uma maravilhosa cobertura de ovos e leite, que formam um dos mais deliciosos pratos do mundo.

A carne pode ser tanto bovina quanto suína, mas o que não muda são os temperos oriundos da Ásia, como o curry, que dá um toque especial. Como acompanhamento o chutney de maçã e passas dá todo o diferencial para o prato, fazendo o agridoce e o picante se juntarem de uma forma única.

Conclusão

O mundo é recheado de vários pratos maravilhosos que trazem a particularidade e beleza de cada região. A culinária de um local é, muitas vezes, mais do que uma simples comida, é parte da história de lá. Por isso que para se conhecer um país de fato, é preciso, além de conhecer seus monumentos e sua história, provar cada tempero e cada ingrediente.

É exatamente por isso que viajar é tão fascinante. As experiências vividas são as únicas coisas que ninguém pode tirar da gente. Cada momento é único e cada pessoa sente de uma forma diferente. Mas se tem algo que afeta todos e que traz os piores tipos de sensação é quando acontece algum problema no voo durante alguma dessas viagens.

Por isso você passou ou passar por algum por problemas como voo atrasado, voo cancelado, extravio de bagagem ou overbooking, não deixe de buscar ajuda. Entre em contato conosco, conte seu caso e cuidamos de tudo. Tudo muito simples, rápido e fácil.

Verifique seu caso!