Planejar a aposentadoria ainda é um assunto que gera muitas dúvidas nas pessoas. E tudo isso se aflorou ainda mais após as reformas que chegaram no INSS. Apesar de todas as dúvidas, o que muitos sabem é que não se pode depender apenas da aposentadoria do INSS. Mas, ainda é possível sim, com muito planejamento, ter uma boa aposentadoria. É importante ter em mente que esse planejamento consegue abordar aspectos que vão além da previdência social.

Uma coisa todos concordam. Não adianta de nada trabalhar uma vida inteira e ter que esperar muitos anos para colher os frutos de tanto trabalho. Quando se tem uma boa noção de investimento, não ficamos tão reféns das mudanças nas regras da previdência. Quando se sabe o que fazer com o dinheiro, temos muito mais liberdade para planejar e organizar nosso futuro. Afinal, aprender a garantir a tranquilidade financeira é o sonho de todo brasileiro. Já vimos em outros artigo como a reforma da previdência afeta a sua aposentadoria.

Por isso, programar aposentadoria é um desafio que todos deveriam enfrentar, e logo. É fundamental não esperar para começar a pensar no seu futuro. O ideal é começar desde novo a procurar formas de se garantir na velhice. E, como vamos ver neste artigo, esperar do governo para que tenhamos uma aposentadoria sossegada é uma verdadeira furada.

Seu pior erro é depender apenas do INSS

Um dos maiores sonhos dos brasileiros é poder se aposentar com tranquilidade. Poder viajar, conhecer novos lugares e aproveitar a vida. Mas esse planejamento pode ser um tanto quanto trabalhoso. Levando em consideração a atual conjuntura econômica do país, onde a maioria da população consegue arcar com seus compromissos, é compreensível que nem todos consigam guardar reservas para o futuro.

Mas seria extremamente importante que todos guardassem parte do salário para, quando se chegar na velhice, ter uma vida financeira mais regular.

Muitos nem costumam se importar tanto, deixando sua aposentadoria para a previdência social. Porém, esse é um grande erro por parte dos trabalhadores. Depositar todas as fichas nesse único meio pode trazer grandes frustrações no futuro. Um dos motivos é o fato do piso e o teto salarial serem limitados.O que fará com que a aposentadoria do indivíduo fique um tanto quanto restrita.

O que as pessoas esquecem, quando ainda são jovens, é que a aposentadoria deve ser pensada numa vida de idoso. Com custos de remédios, consultas e exames regulares. Hoje em dia o que mais se vê, infelizmente, são pessoas aposentadas pelo INSS que precisam fazer bicos para complementar a renda. Por isso, é fundamental buscar outras formas de investimentos a longo prazo.

Comece a planejar a aposentadoria o quanto antes

Entender a importância, ainda jovem, de se investir na previdência é fundamental para o planejamento da aposentadoria. O quanto antes você começar a investir, menos precisará desembolsar por mês e mais poderá retirar no futuro.

Vamos supor que você começou a investir R$ 200,00 por mês aos 21 anos de idade com o intuito de se aposentar aos 55 anos. Você terá que juntar esse dinheiro durante 34 anos, podendo ainda aumentar os aportes durante o tempo. Agora imagine que você começou a investir apenas com 40 anos os mesmos R$ 200,00 por mês. Você terá 15 anos de investimento e pouco dinheiro guardado, comparado ao outro.

Por isso, não empurre com a barriga essa questão tão importante. Comece a investir no seu futuro o quanto antes. Planeje sua aposentadoria agora mesmo. Isso mesmo, agora. O primeiro passo você já deu, que é buscar informações sobre. Agora, é importante que você coloque objetivos na sua cabeça e trace metas. Continue a leitura deste artigo até o fim e ao final se organize e planeje-se para atingir seus objetivos financeiros o quanto antes.

Você sabe o que é a previdência privada?

Para quem não quer depender apenas da previdência social, uma boa saída é a previdência privada. Esses fundos de investimento são formas de poupar dinheiro e complementar a aposentadoria oficial. Normalmente, esses fundos são oferecidos e comercializados por seguradoras que dão ao investidor a opção de comprar uma renda por toda a vida ou ir sacando o dinheiro gradualmente.

Sabe como ela realmente funciona e como começar?

A forma como as previdências privadas funcionam são simples. As seguradoras vendem aos investidores os planos de previdência, calculando quanto é preciso guardar por mês para acumular um determinado valor desejado pelo investidor.

As seguradoras fazem simulações usando estatísticas sobre a expectativa de vida dos brasileiros com as projeções das taxas de juros dos próximos 10, 20 ou 30 anos. Os resultados dessas análises ajudam o investidor a saber o quanto ele precisa guardar para a sua aposentadoria e quanto tempo precisa.

De uma forma geral, cada banco oferece os planos das suas seguradoras. Por isso, não fique preso apenas na conversa do seu gerente. Existem instituições independentes que também trazem ótimas oportunidades de investimento.

Aprenda como investir sua aposentadoria

Saber investir seu dinheiro pode te ajudar a trabalhar menos e ter poucas dores de cabeça. Além da tão sonhada aposentadoria, outros sonhos também podem se tornar realidade. Como fazer aquela viagem, trocar de carro e até de casa. Por isso, aprender como investir sua aposentadoria é tão importante. Mas para isso, é preciso definir bem qual o seu objetivo de vida. Pois é como diz o Gato em Alice no País das Maravilhas, “Se você não sabe onde quer ir, qualquer caminho serve”.

Quais as melhores opções de investimento?

Pode parecer algo muito distante da maioria dos brasileiros, mas investir é para todos. Como tudo na vida, é preciso ter o mínimo de conhecimento para poder usufruir melhor dos benefícios. Por isso, busque sempre mais informações e não aposte tudo em apenas um investimento. Se você não sabe onde está pisando, chegue com calma e aprenda com quem sabe. Separamos alguns investimentos de riscos reduzidos que podem te ajudar a programar a aposentadoria dos seus sonhos.

Tesouro Direto

Para quem não conhece, o Tesouro Direto é um título público que faz parte de um programa do Tesouro Nacional desenvolvido em parceria com a B3 (BM&FBovespa).Ele facilita o acesso dos investidores aos títulos públicos federais. Com esse tipo de investimento você estará basicamente “emprestando” dinheiro para o governo. E no fim do prazo combinado, eles te devolvem o dinheiro com juros. o Tesouro Direto é considerado seguro pois o governo que é o “fiador”.

LCI e LCA

Essas siglas podem passar a impressão de algo complicado. Mas definitivamente não são. LCI, ou Letras de Crédito Imobiliário e LCA, ou Letras de Crédito do Agronegócio, são títulos emitidos pelos bancos. Seu intuito é captar dinheiro no mercado para ser investido no setor imobiliário e no setor do agronegócio brasileiro.

A rentabilidade desses investimentos é de acordo com o CDI, índice de referência da renda fixa. Mas também existem esses investimentos com taxas prefixadas. Normalmente, elas rendem entre 87% e 100% do CDI. As letra de crédito são isentas de imposto de renda, o que fazem desse investimento uma ótima opção.

Fundos de previdência privada

A grande diferença desse investimento é que ele pode ser a longo prazo, mas longo mesmo. Se você é mais conservador e quer ter um futuro mais tranquilo, os fundos de previdência privada são os mais indicados. Com esses planos de previdência privada, qualquer investidor pode realizar o planejamento de sua aposentadoria sozinho, complementando a aposentadoria da previdência social. Com a previdência privada você acumula recursos ao longo da vida. Recebendo assim seu benefício. Simples assim.

Conheça aplicativos que podem te ajudar a investir

Bloomberg

Quando o assunto é mercado financeiro, Bloomberg é uma referência. Pela grande quantidade de informações que gera, ela é muito utilizada por praticamente todos os grandes players do mercado. Seu aplicativo permite que os usuários acompanhem todas as informações do mercado financeiro, como cotações de moedas, commodities, títulos e taxas de juros.

Além disso, ainda é possível ainda acompanhar as notícias do dia a dia do mercado e receber alertas com as principais informações sobre companhias do seu interesse. Você ainda pode personalizar seus dados e receber uma visão mais específica da sua posição no mercado.

Yubb

O Yubb funciona mais ou menos como um Buscapé, só que para investidores. Ele é um buscador que tem como objetivo encontrar as melhores aplicações para o investidor. Com ele, é possível encontrar opções segmentadas pelo valor, tipo de investimento, liquidez, vencimento, tributação e outros. O grande diferencial do Yubb é que ele, além de pegar todas as informações das grandes instituições, também mostra os resultados das pequenas corretoras, com o aporte menor.

Vérios

Esse aplicativo fará você investir com a ajuda de robôs. É isso mesmo, você não entendeu errado. A Vérios criou um algoritmo que lê seu perfil de investidor e escolhe os melhores títulos e opções de investimentos de acordo com os dados obtidos. O seu grande diferencial é ter uma carteira diversificada sem que precise ficar se preocupando com cada aplicação. Pois o nosso amigo robozinho cuida de tudo.

Warren

Esse aplicativo foi a fundo na máxima de que um dos melhores incentivos para investir bem é ter objetivos. Por meio de uma conversa informal, esse aplicativo identifica o seu perfil de investidor e até seus objetivos. Com essas informações, ele monta uma carteira de investimentos e te auxilia em cada etapa.

Viu, não é tão difícil começar um planejamento financeiro e investir nos dias de hoje! Aproveite que o ano está acabando, planeje-se e comece 2020 com o pé direito nas finanças!