Fazer uma viagem de avião é, muitas vezes, prático, rápido e até econômico, se você tiver sorte em achar alguma promoção. Mas, imprevistos podem acontecer, não é mesmo? E para evitá-los e impedir que sua viagem sofra qualquer tipo de problema, é fundamental conhecer e se atentar às regulamentações e regras de voo.

Seja na primeira viagem ou até mesmos os viajantes mais calejados, é comum surgirem dúvidas na hora de embarcar numa viagem de avião. Muitos se perguntam a questão do horário, outros as questões de atrasos ou cancelamentos, mas o campeão de dúvidas mesmo é a bagagem em avião.

Muitos se perguntam sobre o que é permitido e o que não é permitido embarcar numa viagem. Entre as dúvidas mais comuns estão: qual o peso máximo que se pode levar, tamanho e o que é proibido levar na mala, seja ela uma bagagem de mão ou não.

Para esclarecer todas as suas dúvidas, acompanhe até o fim esse artigo e tenha a certeza de uma viagem tranquila. Vamos abordar a fundo as dúvidas mais comuns sobre bagagem em avião.

Novas Regras

Devido às novas regras de bagagem, muitos aeroportos estão com os procedimentos de fiscalização ainda mais rigorosos. Por isso, é extremamente importante você ficar atento.

Vale frisar que, essas normas mudam com alguma frequência, portanto, não deixe de tirar todas as dúvidas com sua companhia aérea na hora de programar uma viagem.

Principais Dúvidas e Dicas

Esse é um tema muito recorrente e cheio de dúvidas, ainda mais depois das fiscalizações que as companhias aéreas começaram a fazer neste ano.

Bagagem de mão e mochila pode?

Antes de mais nada, é preciso entender o que são as bagagens de mão. Elas são aquelas que embarcam com os passageiros na cabine do voo. Cada empresa aérea tem suas regras e restrições quanto ao peso, volume e itens que são permitidos ou não.

Mas, nenhuma companhia aérea pode se negar a deixar você embarcar com suas bagagens de mão. Todo passageiro tem direito de embarcar com bagagens de mão, mochilas, sacolas ou bolsas pequenas. O passageiro pode, inclusive, levar na mão seus casacos, pois assim sobra mais espaço na bagagem.

O que é permitido levar na mochila?

É importante entender que a mochila também é considerada uma bagagem de mão. Por isso, se ela seguir todas as exigências da sua companhia aérea, não podem proibir seu embarque com ela. Ah, vale destacar que o recomendável é que todos seus documentos e objetos pessoais de valor viagem com você na bagagem de mão. Assim, você não corre o risco de tê-los extraviados, o que causaria grandes transtornos na sua viagem.

Quais os tamanhos das malas mais comuns?

Tempos atrás, o controle do tamanho da bagagem de mão era feito no portão de embarque. Mas, as coisas mudaram de uns tempos pra cá, o controle passou a ser feito antes de entrar para a área de embarque.

Não existem leis que definem o tamanho das bagagens de mão, quem fica responsável por isso são as companhias aéreas. Elas estabeleceram um padrão, que diz que o máximo é 55 cm de altura, 35 cm de largura e 25 cm de profundidade.

Levar guarda-chuva na bagagem de mão é permitido?

Muita gente tem dúvidas sobre o que pode e o que não pode levar na bagagem em avião. Por motivos de segurança, são as normas internacionais que determinam quais itens são proibidos no transporte aéreo.

Porém, há itens que são permitidos serem transportados exclusivamente na bagagem despachada e não são permitidas serem levadas na bagagem de mão. O guarda-chuva pode sim ser levado na bagagem de mão, mas desde que ele caiba perfeitamente nela e não possua ponta. Guarda-sóis, guarda-chuvas grandes e outros equipamentos de dimensões avantajadas não são permitidos.

O que não é possível levar na bagagem de mão?

A lista de coisas que não são permitidas na bagagem de mão é extensa. Você não pode embarcar com nenhum tipo de objeto cortante ou perfurante, como tesouras, canivetes e até agulhas.

Não é permitido também armas de fogo de qualquer espécie, inclusive réplicas ou de brinquedos, além de sprays de pimenta, ferramentas, isqueiros, líquidos inflamáveis, alvejantes, explosivos, venenos, ácidos e outros.

Se surgir dúvida na hora que estiver arrumando sua mala, o mais indicado é entrar em contato com sua companhia aérea e confirmar se tal objeto pode ou não embarcar com você na sua bagagem de mão.

Como levo líquidos?

Em voos nacionais, não existem restrições quanto a líquidos na bagagem de mão, você pode levar perfumes, cremes, desodorantes, creme dental, gel e até bebidas. Você deve se atentar é na quantidade, uma vez que a bagagem de mão não pode exceder o peso e o tamanho permitido.

Já em viagens internacionais, os líquidos devem ser guardados em frascos transparentes de até 100 ml, e essas embalagens devem conter algum sistema de abertura e fechamento, caso solicitem conferir o material que há lá dentro. Não é permitido que se leve mais de 1 litro de líquido por pessoa.

O que levo para comer?

Você basicamente pode levar qualquer coisa para comer durante o voo, uma vez que o transporte de alimentos não é proibido por nenhuma companhia aérea. Mas, mesmo assim, algumas regras podem ser seguidas, dependendo da empresa, do destino e da quantidade de alimento.

É sempre bom lembrar que o avião é 100% fechado, por isso, evite alimentos com cheiro forte, como carnes, hambúrgueres ou salgadinhos. Leve em consideração também a duração do seu voo na hora de separar o que levar na bagagem de mão, você não vai querer que seu alimento estrague antes mesmo de você pousar, vai? Ah, outra dica importante é levar alimentos mais leves, pois a variação de altitude pode causar alguns efeitos indesejáveis.

Onde fica a bagagem de mão?

Sabe aqueles compartimentos que ficam bem em cima das poltronas? Então, é lá que se deve guardar bagagens de mão. Mas, se você preferir e couber, também pode deixá-la debaixo da sua poltrona que fica à sua frente, exceto se for uma saída de emergência.

Se a cabine estiver cheia ela pode ser despachada?

Pode sim, o que não pode é sua bagagem viajar no seu colo. Se não tiver problema para você, a companhia aérea pode fazer o despacho de sua bagagem sem cobrar nada por isso. E chegando no destino é só retirá-la na esteira de desembarque.

Dicas para sua bagagem ser a primeira na esteira

Quem despacha mala sabe que é um verdadeiro saco ficar esperando a mala na esteira de desembarque. Cada volta que dá, a angústia vai aumentando. Pensamentos catastróficos tomam conta da cabeça, “será esqueceram minha mala”, “será que minha mala foi extraviada?” ou pior, “será que roubaram a minha mala?”.

Existem algumas dicas que podem ajudar a sua mala chegar mais rápido na esteira:

  • Seja vip: na maioria dos casos, as empresas aéreas tendem a devolver primeiro as bagagens identificadas como vips.
  • Cuidado, frágil: essa dica tem um pouco de malandragem. As bagagens que contém a identificação de frágeis são, geralmente, as últimas a serem guardadas e as primeiras a serem retiradas.
  • Vai sem pressa: quanto mais em cima da hora do voo você fizer seu check-in, maior é a chance de você receber sua mala mais cedo. Isso se deve fato ao de muitas companhias guardarem primeiro no compartimento de bagagem as malas que vão sendo despachadas antes. Essa dica é um pouco arriscada, uma vez que existe o risco de você perder o voo.
  • Não invente moda: as malas consideradas normais são as primeiras a serem colocadas na esteira, já as malas fora dos padrões, são as últimas a saírem dos carrinhos.