Fazer um planejamento dos gastos é fundamental. Colocar tudo no papel para saber quais são exatamente suas dívidas faz toda a diferença. É desse jeito que você consegue organizar suas finanças e assim, ter um controle do fluxo de dinheiro mensal. Não precisa ser nada mega elaborado, mas também não seja negligente nessas horas.

Junte todos seus boletos e, se achar necessário, baixe aplicativos que auxiliam com questões financeiras e trace um plano para deixar tudo em dia. Essa é a melhor forma de fugir da negativação. Ficar com o nome sujo é um grande aborrecimento e pode ser evitado com um controle de gastos bem feito.

Mas tudo bem, você planejou tudo isso que acabamos de falar, seguir à risca cada detalhe que podia para evitar a tão indesejada negativação e de repente, eis que surge uma cobrança indevida. Pronto, lá se foi o seu planejamento todo para o ralo. Agora você precisa gastar tempo com um grande problema que afetou a sua saúde financeira.

Mas afinal, o que é uma cobrança indevida?

Ora, mas que pergunta é essa? Uma cobrança indevida é quando alguém te cobra algo que não se deveria cobrar, ponto. Fim do artigo.

Bom, a resposta não está errada, mas não vamos deixar tudo tão simplório assim. A cobrança indevida acontece quando uma empresa ou algum vendedor debita um valor da conta de um cliente. Mas, esse débito, na verdade, não foi gerado pelo cliente.

Aí é que mora o problema. Esse débito é desconhecido de quem recebe, mas ainda assim a empresa ou vendedor que cobra exige a quitação do valor requerido. Que situação, não é mesmo?

É claro que, muitas vezes, esse tipo de cobrança indevida pode ter sido feito sem nenhuma intenção maliciosa. Mas, infelizmente, há cobranças indevidas que tiveram sim uma má fé motivadora.

Para piorar, essa cobrança indevida pode calhar em uma negativação por parte do cliente. Daí em diante, o problema vira algo muito maior e, por isso, causa um grande aborrecimento para quem recebe a cobrança indevida.

Esse tipo de situação acontece muito com operadoras de telecomunicações e seus respectivos serviços de telefonia, com cobranças extras de serviços bancários e com cobranças indevidas com despesas médicas.

Nos dias atuais, há uma compreensão na nossa lei de que uma cobrança indevida pode causar danos morais. Justo, certo? Imagina ter que arcar com um valor que não poderia ter sido cobrado. Um verdadeiro constrangimento. Pior ainda se a cobrança causar uma negativação.

Outro fator é que esse débito indevido pode fazer com que a pessoa em questão tenha que responder judicialmente por ele, precisando dedicar um tempo e uma energia para resolver um problema que, na verdade, não deveria nem ter começado e por isso, jamais existido.

O que fazer para resolver um problema desses?

Muitas pessoas ainda não sabem reagir quando estão em uma situação do tipo. Recebem a notificação e, por medo de ter que lidar com um processo judicial, acabam arcando com a cobrança indevida.

Há também quem arque com o valor pela preguiça de ter que enfrentar um embate, talvez até jurídico, para resolver a situação. De forma alguma você deve abrir mão dos seus direitos. Esse tipo de pensamento só reforça as cobranças indevidas que são de má fé.

Bom, antes de qualquer coisa, o primeiro passo é entrar em contato com a empresa ou vendedor que fez a cobrança. Como foi dito anteriormente, talvez essa cobrança indevida tenha sido feita sem querer. Algum erro de sistema, por exemplo. Esse tipo de situação acontece e é mais comum do que você pensa.

Em resumo, tente resolver diretamente. Entre em contato da forma que for. Seja por e-mail, ligação ou até WhatsApp. Geralmente as empresas possuem um campo em seus sites especialmente para solucionar problemas com seus clientes.

Registre tudo que puder em relação ao contato feito. Anote o dia e a hora em que procurou a empresa, procure anotar nomes de pessoas que atenderam você e, no caso de números de protocolos gerados, anote. Assim, você consegue provar que antes de qualquer atitude judicial, procurou a empresa para resolver de forma direta e amigável.

Mas, se você procurar o autor da cobrança, tentar resolver de forma direta e ainda assim não obtiver respostas, saiba exatamente o que fazer.

A primeira coisa é, mesmo que tenha realizado o pagamento indevido, tenha consigo todos os tipos de comprovantes possíveis. Eles são fundamentais para resolver uma situação judicial. São a prova de que a cobrança foi indevida e que você arcou com um valor desnecessário. Assim, terá guardado todo tipo de débito que tenha excedido o valor que você deveria ter pagado.

Procure um órgão de defesa do consumidor. É ele que pode defender você nessas horas e ajudar na resolução do problema. Esse tipo de atitude pode impedir que o seu nome fique sujo. Isso porque uma cobrança indevida pode resultar em uma negativação e aí o problema é maior ainda.

Procure rápido, porque quanto mais demorada for a procura por uma solução, mais complicado fica um entendimento por ambas as partes na hora de resolver esse mal-entendido.

O Código de Defesa do Consumidor diz que o valor ressarcido tem que ser o dobro do valor cobrado do cliente. Daí em diante, é papel da empresa buscar provas legais de que a cobrança indevida se originou de um erro e não teve má fé envolvida nela.  A empresa também tem a chance de se defender em todo e qualquer caso.

Consulte no site https://www.serasaconsumidor.com.br/. Através de um cadastro simples com o seu CPF, é possível verificar se o seu nome está sujo. Assim, caso uma cobrança indevida tenha provocado a negativação, corra o mais rápido possível para resolver a situação e resolver esse mal entendido.

Situações de constrangimento

Se já não bastasse a cobrança indevida, tem empresa que passa dos limites na hora de requerer o seu suposto direito de ter uma dívida quitada. Isso pode gerar sérios problemas para elas porque algumas ações podem resultar em danos morais.

Ficar ligando incessantemente, por exemplo. É uma prática muito comum de diversas empresas, mas que não está certa. Ninguém merece ficar recebendo ligações de cobranças, quem dirá de cobranças indevidas.

Outra ação que pode causar um grande aborrecimento ao cliente é se a empresa decide ligar para o local de trabalho dele. Em hipótese alguma esse tipo de atitude pode ser aceita.

Se a empresa decide entrar em contato com vizinhos ou parentes, também está agindo de forma errada.

Essas ações são consideras atitudes irregulares e que, se vierem a acontecer, podem fazer um consumidor (mesmo que com a dívida legitimada) processe a companhia que tomou essa iniciativa errada.

Tudo isso que foi falado deve ser levado em conta. Fique atento aos valores que empresas cobram. Grandes ou pequenas, essas cobranças podem ser indevidas e merecem a sua atenção. Infelizmente, existe um sem-número de empresas que fazem cobranças indevidas com má fé em cima de seus clientes.

Tenha sempre cuidado com as lojas que consumir ou comprar algum produto. Verifique o histórico delas para que esse tipo de ação possa ser evitada. Assim, você minimiza os problemas, bem como as chances de ter que arcar com uma negativação dada por uma cobrança indevida.